sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Estande da Nissan no Salão de Los Angeles é inspirado na saga cinematográfica Star Wars

A Nissan continua impulsionando a inovação, a tecnologia e a emoção com sua parceria com a saga Star Wars na edição deste ano do Salão do Automóvel de Los Angeles, que abre nesta sexta-feira.

A marca japonesa preparou uma frota de veículos inspirados no universo cinematográfico, com réplicas das famosas naves X-Wings do filme e outras diversas oportunidades de explorar a colaboração com o estúdio Lucasfilm para o filme Star Wars: Os Últimos Jedi. O longa-metragem tem estreia confirmada para 14 de dezembro.

Veja as ações relacionadas ao universo Star Wars que estarão no estande da Nissan até o dia 10:

Sete conceitos inspirados na saga Star Wars

Além de expressar a admiração da Nissan pela franquia, a produção destes conceitos é também uma forma de unir a “galáxia” Star Wars aos modelos mais vendidos da marca nos Estados Unidos. Nenhum dos modelos será vendido. Todos são inspirados em personagens ou veículos do novo filme, mas com os toques característicos da marca japonesa. Desde o Nissan Maxima TIE Silencer até o Nissan Rogue baseado num X-Wing, há muito para se ver e experimentar pelos fãs de todas as idades.

Frota de X-wings

Seis réplicas do famoso X-Wing Starfighter encontram-se na parte superior do estande da Nissan, como se estivessem sobrevoando a área. Os “caças” foram desenhados com as especificações exatas do filme e podem ser vistos de qualquer ponto do pavilhão de exposições.

Experiência de realidade virtual

Uma parada obrigatória para qualquer fã da Star Wars é a experiência de realidade virtual criada pela ILMxLAB. Nela, o usuário se vê dentro de uma oficina de reparos da nave da princesa Leia, onde pode interagir com o BB-8 e outros “droids” criados para o filme. Quem perder a oportunidade terá a chance de vivenciar a experiência em concessionárias participantes da Nissan nos Estados Unidos.

Espelho Digital Star Wars

Os visitantes do estande da poderão mergulhar no universo da saga apenas parando em frente ao que parece um espelho comum. No entanto, ao se aproximar da tela, o participante se transforma em um personagem digital de Star Wars: Os Últimos Jedi”.

Realidade Aumentada

Logo que entrarem no centro de convenções onde é realizado o Salão de Los Angeles, os visitantes serão recebidos com toda a emoção de Star Wars. Serão convidados a participarem de uma cena inspirada em Star Wars: Os Últimos Jedi e poderão ver os veículos Nissan Maxima e Nissan Rogue como nunca antes. O estande aproveitará a tecnologia de realidade aumentada com o projeto “Veja o Inédito”, o qual transportará virtualmente os veículos para outra galáxia, enquanto exibe aspectos da Mobilidade Inteligente da Nissan.

Aparições de personagens

Entre os dias 2 e 10 de dezembro, personagens do filme que estreia em breve aparecerão no estande e farão interações com os presentes no local.

Fonte: Imprensa Nissan






Fiat apresenta o Cronos, seu novo sedã


Novo sedã da Fiat tem linhas elegantes e soluções inteligentes que conciliam espaço e harmonia de linhas e formas

O próximo lançamento da Fiat, o sedã Cronos, mostra todas suas formas. Após uma ação interativa nas redes sociais, o novíssimo Fiat Cronos surge para o grande público em fotos oficiais.

O Fiat Cronos é baseado na nova plataforma MP-S (Modular Platform Sedan), concebida exclusivamente para o modelo e destinada à produção na Argentina. A plataforma foi desenvolvida para responder às exigências dinâmicas e construtivas de um automóvel três volumes.

Equipado com motores 1.3 ou 1.8, o Fiat Cronos une performance com baixo consumo de combustível, além de prazer de dirigir. “Um sedã muito bom de volante” – é o que garantem os engenheiros responsáveis pelo projeto.   Suas linhas são fluidas, com proporcionalidade e harmonia entre as diferentes partes da carroceria, indicando beleza e esportividade. Ao lado de Mobi, Toro e Argo, o Cronos expressa o novo momento da marca Fiat e traz luz e beleza à tradicional racionalidade que caracteriza os sedãs. 

A estratégia de divulgação da primeira imagem do Fiat Cronos começou no Instagram da marca. Nove posts distintos mostraram ao longo do dia as várias partes do automóvel até a formação da imagem completa do veículo. Os posts eram interativos: ao tocar-se a imagem, eram revelados ainda mais detalhes do novo modelo, através de vídeos curtos.

Com lançamento previsto para o primeiro trimestre de 2018, o Fiat Cronos vem disputar o segundo maior segmento de automóveis do Brasil, que, somente em 2017, deverá absorver cerca de 330 mil veículos. Na Argentina, este segmento representa quase 100 mil carros por ano e é disputado por nada menos que 13 modelos de diferentes marcas.

A chegada do Fiat Cronos vai movimentar os mercados argentino e brasileiro, unindo em um só modelo  espaço interno, ótimo porta-malas, beleza e conectividade.

Fonte: Imprensa Fiat

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Ford lança o New Fiesta 2018 com novo design externo e investe em conectividade e tecnologia no compacto premium com motores de alto rendimento


A Ford reuniu a imprensa de todo o País para lançar o New Fiesta 2018, que chega ao mercado com novo design dianteiro, bem equipado, conectividade de última geração e tecnologia voltada à segurança e dirigibilidade. Uma das novidades da linha é a apresentação do modelo Style EcoBoost, de visual esportivo, com motor turbo de 125 cv, além do completíssimo Titanium 1.6.

O evento foi realizado no Oeste Paulista e teve como ponto forte a demonstração das tecnologias e do rendimento dos motores no Campo de Provas de Tatuí, onde a Ford desenvolve seus veículos no Brasil.

A linha é equipada com dois avançados motores, o 1.6 Sigma Flex e o turbo 1.0 EcoBoost, nas versões SE, SE Plus, SEL, Titanium, Titanium Plus e EcoBoost. O preço é a partir de R$ 56.690. Entre os novos equipamentos, o New Fiesta 2018 tem central multimídia SYNC 3 de última geração, faróis com luzes diurnas de LED, câmera de ré, novos bancos e rodas.

“O New Fiesta é um carro diferenciado e completo para quem quer se destacar na multidão. Na linha 2018, reforçamos os atributos que esse cliente exigente e conectado mais valoriza para fazer uma escolha inteligente”, destaca Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford.

Design inspirado no Ford GT

A frente do New Fiesta ficou mais encorpada e atraente, com grade côncava e para-choque totalmente novo. Suas linhas inspiradas no superesportivo Ford GT valorizam as formas esculpidas da carroceria, com detalhes de sofisticação. A grade inferior ampla faz o carro parecer mais largo e assentado.

A traseira ganhou um toque extra de esportividade com um novo aplique no para-choque, além de lanternas com assinatura de luz na versão Titanium. As rodas de 15 e 16 polegadas também são novas.

“Nosso desafio ao criar o New Fiesta 2018 foi colocar o carro um patamar acima sem perder a sua essência e harmonia”, diz Fábio Sandrin, gerente de Design da Ford América do Sul. “A silhueta côncava da frente é única no mercado e um dos elementos que agregam dinamismo ao seu design.”

O New Fiesta 2018 conta com seis opções de cores: as perolizadas vermelho Vermont, azul Califórnia e preto Bristol, a metálica prata Dublin e as sólidas vermelho Arizona e branco Ártico.

Multimídia SYNC 3

No interior, o destaque é a central multimídia SYNC 3, com tela de 6,5 polegadas e recursos avançados de conectividade. Oferecida desde a versão SE Plus, ela permite acesso ao Apple CarPlay e Android Auto, além de aplicativos.

Os bancos com novas espumas e encostos de cabeça reposicionados tornam o interior mais confortável. O New Fiesta também ficou mais seguro, com reforços na carroceria que aumentam a proteção contra impactos laterais, atendendo os padrões mais exigentes das normas internacionais. Para completar, um novo ajuste da suspensão contribui para aprimorar o conforto de rodagem.

Os motores do New Fiesta 2018 são os mais potentes da categoria. O 1.6 Sigma TiVCT Flex gera 128/125 cv (com etanol/gasolina) e vem com transmissão manual de cinco velocidades ou sequencial de seis velocidades.

O EcoBoost a gasolina, de 125 cv, eleito seis vezes Motor Internacional do Ano, tem uma curva de torque impressionante e chega a 170 Nm em apenas 1.400 giros. Ele vem com uma versão aprimorada da transmissão sequencial de seis velocidades, que proporciona trocas rápidas e suaves e hoje detém um dos maiores índices de satisfação entre os consumidores na indústria.

Versões e preços

O New Fiesta 2018 parte de R$ 56.690 na versão 1.6 SE, equipada com direção elétrica, ar-condicionado, trava, retrovisores e vidros dianteiros elétricos, central multimídia SYNC 1 com AppLink e Assistência de Emergência, sensor de estacionamento traseiro, farol de neblina, freios ABS, alarme volumétrico, computador de bordo e conta-giros.

A versão SE Style 1.6 tem rodas de liga leve de 16 polegadas, grade dianteira, retrovisores e moldura do farol de neblina com acabamento em preto e sai por R$ 59.590. A versão SE Plus 1.6 AT, com transmissão sequencial de seis velocidades, central multimídia SYNC 3, controle de estabilidade e tração AdvanceTrac, assistente de partida em rampa, vidros elétricos traseiros e fechamento global, custa R$ 62.390.

O New Fiesta SEL 1.6, com ar-condicionado digital e rodas de liga leve de 15 polegadas, sai por R$ 61.090 com transmissão manual e R$ 65.390 com a transmissão sequencial de seis velocidades. O New Fiesta Style EcoBoost AT, com motor turbo, transmissão sequencial de seis velocidades e pacote de aparência Style, custa R$ 69.790.

O New Fiesta Titanium 1.6 AT, com rodas de liga leve de 16 polegadas, sistema de navegação, câmera de ré, banco parcialmente em couro, faróis com luzes diurnas de LED e lanterna parcial em LED, sai por R$ 71.190. O topo de linha Titanium Plus 1.6 AT acrescenta bancos de couro, sete airbags, botão de partida Ford Power, acesso sem chave, acendimento automáticos dos faróis, sensor de chuva e espelho retrovisor eletrocrômico, por R$ 75.190.

Baixo custo de posse

O New Fiesta 2018 tem também manutenção econômica. Suas revisões seguem o padrão de custo fixo da Ford, que permite ao cliente saber de antemão quanto vai gastar durante o período de garantia, de 36 meses ou 30.000 km.

O custo total das três revisões anuais (ou a cada 10.000 km) das versões com motor 1.6 Sigma é R$ 1.568 e o da versão EcoBoost fica em R$ 1.620. Com o plano Ford Protect Advanced, o cliente pode adquirir quatro revisões (até os 48 meses ou 40.000 km) por R$ 2.966 e ampliar a garantia original de fábrica para quatro anos. Já o plano Ford Protect Premium acrescenta uma quinta revisão aos 60 meses ou 50.000 km e estende a garantia para cinco anos, por R$ 3.573.

Fonte: Imprensa Ford

Aproveite o teto solar sem preocupações


Acessório de luxo que equipa várias categorias de veículos no Brasil, o teto solar está conquistando cada vez mais o país e se tornando um item desejado entre os consumidores na compra de um carro. Cada vez mais tecnológicos e resistentes, os sistemas de teto evoluíram com o tempo e hoje são projetados para se adaptar perfeitamente à estrutura do veículo. Por esse motivo, proprietários de carros com tetos solares podem aproveitar tranquilamente os benefícios oferecidos.

A Webasto, fabricante alemã, é líder do mercado internacional em tetos solares, panorâmicos e conversíveis. A empresa tem a premissa de sempre atender aos mais altos padrões automotivos, investindo continuamente na melhoria de seus produtos para garantir aos motoristas o máximo de conforto, luminosidade e ar fresco.

Que tal uma visita à praia? Você pode viajar sem preocupações. Os sistemas de teto da Webasto são completamente vedados para impedir a entrada de areia ou poeira. Mas e se estiver chovendo muito lá fora? Os tetos solares também são projetados e testados para que não haja infiltração de água.

E é possível abrir o teto na estrada para aproveitar melhor a viagem? Algumas pessoas acreditam que é necessário parar o carro para abrir o teto. Isso é apenas um mito. Afinal de contas, para que serviria um teto solar, que é desenvolvido para aproveitar a estrada, se ele não pudesse ser aberto durante o passeio? Os sistemas passam por diferentes testes, onde são abertos e fechados em simulações de velocidades de até 250 km/h, garantindo assim sua ótima resistência.

Isso prova que um sistema Webasto é sinônimo de confiabilidade para pessoas que optam por um teto solar, aproveitando seus benefícios sem preocupações e sabendo que esse acessório premium oferece um design arrojado que atende aos mais altos padrões de qualidade e tecnologia automotiva.

Sobre a Webasto:
O Grupo Webasto é uma empresa que desenvolve sistemas inovadores para quase todas as montadoras e está entre as 100 melhores fornecedoras da indústria automotiva. Em suas principais áreas, produz tetos solares, panorâmicos e conversíveis, e sistemas térmicos para todos os tipos de condução. Com os sistemas de bateria e soluções de recarga, a Webasto está criando um portfólio de produtos focado em eletromobilidade. Em 2016, o Grupo Webasto gerou vendas de 3,2 bilhões de euros e tem mais de 12.000 colaboradores em mais de 50 locais (sendo mais de 30 plantas de produção). A sede da empresa, fundada em 1901, está localizada em Stockdorf, próximo a Munique (Alemanha). Para mais informações, visite www.webasto-group.com.

Fonte: Printer Press Assessoria de Comunicação

Ford Mustang mostra a evolução dos volantes de direção nos últimos 50 anos


A Ford conta a história da evolução do volante de direção por meio do icônico esportivo Mustang. Com mais de 50 anos de história e inovações, o veículo é um símbolo de design e tecnologia, que mostra o avanço dos carros esportivos. O volante é um dos itens que revelam o carisma e constante desenvolvimento do carro, com funções que retratam a estética e o grau técnico de cada época.

No lançamento do primeiro Mustang, em 1964, os volantes eram grandes, finos e, além de comandar as rodas, no máximo incorporavam a buzina. Atualmente, reúnem cada vez mais funções, são digitais e acompanham o avanço da eletrônica embarcada. Pioneiro entre os carros esportivos de massa, o “pony car” é também uma referência em design e inovações que ditaram as tendências da indústria.

Veja abaixo e no infográfico anexo a evolução dos volantes mais representativos do esportivo
1964 – A primeira geração do Mustang introduziu o padrão clássico de capô longo, cabine estreita e traseira curta, que se tornou a assinatura da linha. O interior, de cockpit duplo, tinha um volante emblemático de três raios de alumínio com aro imitando madeira e a buzina no centro. Seu diâmetro grande, de 16 polegadas, facilitava as manobras, já que a assistência hidráulica era opcional.

1967 – A direção ajustável em sete posições permitia escolher a melhor posição para dirigir, além de facilitar a entrada e saída do veículo. A direção assistida com relação mais rápida (20,3:1) dava uma sensação mais esportiva.

1968 – O Mustang introduziu a coluna de direção retrátil para reduzir a possibilidade de lesão em acidentes, aumentando a segurança. O volante de dois raios também ganhou uma seção central maior e almofadada, com o controle da buzina no aro de metal.

1974 – Na segunda geração, o Mustang II ganhou um volante de dois raios revestido em couro. A opção de direção assistida com pinhão e cremalheira permitiu a oferta de um volante menor, de 15 polegadas, em vez do padrão de 16 polegadas.

1979 – O volante de dois raios foi substituído por um de quatro, mais tarde compartilhado com outros carros da Ford. Os comandos do limpador de para-brisa e faróis passaram para uma haste na coluna de direção. O piloto automático, oferecido em versões com transmissão manual, era controlado por botões no volante.

1984 – O Mustang SVO (Special Vehicle Operations), lendária versão de alta performance com motor turbo de quatro cilindros, trouxe um volante de três raios com ajuste de altura e profundidade, aro mais grosso e diâmetro menor, de pegada esportiva. Os logotipos Ford e “SVO” vinham gravados no centro do revestimento de couro.

1990 – O Mustang recebeu seu primeiro airbag de série, instalado no centro do volante. Com isso, a buzina foi transferida para dois botões laterais, acionados pelos polegares do motorista. Os botões do piloto automático também ganharam uma posição mais ergonômica.

1994 – A quarta geração do Mustang fez uma homenagem ao modelo original de 1964, com cockpit duplo e formas esculpidas no painel. Vários comandos ficaram mais fáceis de usar, aumentando a praticidade e segurança. O comando da buzina voltou para o centro do volante, integrado à tampa articulada do airbag.

2005 – O volante de três raios da quinta geração do Mustang fez uma releitura do modelo 1965-1967, com raios de polímero, ou opcionalmente de alumínio. Diferentemente dos volantes em que se inspirou, era revestido de couro.

2010 – Com a tecnologia SYNC, muitos botões foram adicionados para os comandos de voz do telefone, músicas, rádio e outras funções. O emblema central de acrílico foi trocado por um de alumínio polido, estampando o cavalinho ou uma cobra, no caso do Shelby GT500. Os acabamentos de alumínio e couro davam unidade à cabine.

2013 – O volante do Mustang tornou-se o centro de controle de tecnologia do carro. Passou a incluir um botão de quatro vias, além de um “OK” para controle da tela do painel de instrumentos. Nos modelos Boss 302 e Shelby GT500, era revestido de couro Alcantara, inspirado em competições.

2015 – Na sexta geração do Mustang, o volante totalmente redesenhado incorpora até 20 botões. Os da direita comandam o SYNC e o rádio, enquanto os da esquerda controlam o piloto automático adaptativo e a tela do painel de instrumentos. Os controles de marcha no volante “paddle shift” foram oferecidos pela primeira vez no Mustang com transmissão automática. Seu airbag circular, projetado especialmente, é o único com esse formato em toda a linha Ford. É também o volante de menor diâmetro da marca, com apenas 14 polegadas. Os raios de alumínio têm acabamento nas bordas para que o motorista toque apenas no couro ao segurar o volante.

2017 – O volante do novo Mustang 2018 mostra a grande evolução tecnológica do esportivo, adicionando funções como os modos de direção, controle de arrancada e outros, além dos comandos do quadro de instrumentos, que agora é totalmente digital. Criado com  a colaboração de ex-desenvolvedores de videogames, o quadro de instrumentos de 12 polegadas oferece vários layouts de tela, que pode ser facilmente personalizada e dispõe do recurso MyMode para salvar as configurações preferidas.

Fonte: Imprensa Ford

Nova coleção de roupas e acessórios pessoais da Triumph chega à Rede

A nova coleção (primavera/verão) de roupas e acessórios pessoais da Triumph, apresentada na semana passada no estande da montadora inglesa no Salão Duas rodas, já está disponível nas 14 Concessionárias brasileiras.  A coleção conta com mais de 90 itens para os públicos feminino, masculino e infantil, divididos nas categorias acessórios pessoais, botas, calças, jaquetas, luvas, camisetas e moletons. Um dos destaques dessa nova coleção é a volta da jaqueta de couro mais vendida pela Triumph no Brasil e no mundo, a “Jaqueta Raven”. O produto sofreu uma renovação no seu visual e também ganhou uma versão feminina. Produzidas 100% em couro, no estilo retrô, elas contam aberturas nas costas, para proporcionar conforto durante a pilotagem, painéis perfurados e um luxuoso forro estampado. Seus preços são os seguintes: Jaqueta Raven Bege (R$ 1.990,00), Jaqueta Raven Masculina (R$ 2.150,00) e Jaqueta Raven Feminina (R$ 1.890,00).

Outro destaque é a “Jaqueta Rowland”, produzida com materiais que contribuem para uma boa ventilação do piloto durante toda a sua viagem, além de contar com protetores nos ombros, cotovelos e costas, detalhes de acabamento em couro, zíperes de conexão com calças de pilotagem Triumph e forro removível. Custa R$ 1.190,00. Ainda entre as jaquetas, vale destacar as novas “Jaqueta Masculina Acolchoada Andorra” (R$ 2.490,00) e “Jaqueta Feminina Andorra” (R$ 2.099,00). Ambas são produzidas com um luxuoso couro vermelho retrô e contam com painéis de ventilação, para deixá-las mais descoladas, além de protetores nos ombros, cotovelos e costas.

Já a linha McQueen Collection, criada para homenagear a passagem de Steve McQueen pela Marinha norte-americana, ganhou novidades, como o Boné Avondale (R$ 85,00), o Moletom com zíper Cartwright (R$ 260,00), o Moletom Amhderst (R$ 252,00), a Camisa Polo MacGregor (R$ 165,00), a Camisa Oliver (R$ 139,00), a Camiseta Hartney (R$ 119,00) e a Jaqueta McQueen (R$ 1.890,00). Essa nova jaqueta para pilotagem é diferenciada: possui uma camada externa em couro, protetores nos ombros, cotovelos e costas, gola, punhos e bainha em tricô para um corte confortável e cheio de estilo, além do distintivo “Steve McQueen” gravado a laser. Os itens da linha McQueen Collection contam com detalhes curiosos, como a data de nascimento dele e seu número de série. Em 1947, McQueen se juntou aos soldados dos Estados Unidos, no Corpo de Fuzileiros Navais, e foi promovido a soldado de primeira classe. Ele salvou a vida de outros cinco soldados durante um exercício no Ártico. Também foi designado para a guarda responsável pelo então presidente Harry Trumans. Serviu até 1950, quando foi dispensado com honras.

As novidades também incluem carteira, caneca, toalha, bandana e novos itens voltados para as crianças. A nova coleção primavera/verão faz parte da linha que a Triumph chama de “Seasonal”, com produtos que são lançados de acordo com as estações do ano – primavera/verão e outono/inverno – e têm como objetivo renovar o show-room das Concessionárias. Além disso, também estão à venda nas Concessionárias os produtos da linha “Core”, que pode ser encontrada em qualquer época do ano na Rede. São mais de 140 itens que incluem, por exemplo, roupas funcionais (desenvolvidas para oferecer mais conforto e segurança ao piloto e ao garupa), roupas casuais (para uso em geral), botas funcionais e casuais, acessórios pessoais etc.

Fonte: g6 Comunicação Corporativa

Protótipo Nissan com tecnologia totalmente autônoma disponível em 2020

A Nissan já está testando nas ruas do Japão carros com a tecnologia totalmente autônoma ProPILOT. A marca segue firme em seu plano de vender ao cliente final, a partir de 2020, veículos que operarão “sozinhos” em ruas e estradas. O conjunto de sensores por radar e sonar, além de câmeras e lasers, permitirá viaje sem tocar o volante desde o momento em que seleciona o destino pelo sistema de navegação até a chegada. Se precisar ou desejar, no entanto, o motorista poderá assumir o volante a qualquer momento. Veja quais são os equipamentos que permitem essa tecnologia se tornar realidade.



Fonte: Imprensa Nissan

Drag Race: Formula E Car vs Cheetah

Projeto Berlineta – Design & Performance


O Projeto Berlineta nasce como um carro de competição brasileiro. Com base no tema “Concept to Manufacture”, o carro é um projeto concebido e verificado usando as mais avançadas ferramentas virtuais visando à factibilidade e viabilidade de produção.

Em parceria com a empresa de Engenharia e Design europeia MICLA Engineering & Design, é um projeto de entre Brasil, Alemanha e Itália com o objetivo de oferecer ao mercado nacional e internacional um esportivo de alta qualidade em Design e Performance.

O estúdio que será responsável pela parte de chassis, suspensão e design de superfícies possui mais de dez anos de experiência em projetos para as mais importantes montadoras europeias, e agora esta iniciando as atividades com um estúdio em São Paulo.

Desenvolvido em software 3D de design e engenharia, todo o carro é projetado utilizando componentes e tecnologia já aplicados em automóveis em série. Assim, um carro de baixa produção, mas se utilizando componentes já aplicados em larga escala estará aliando baixo custo de manutenção e produção com design exclusivo.

O objetivo é entregar estilo ao desempenho dentro do tema onde o carro presta tributo ao Willys Interlagos, o primeiro esportivo brasileiro. Sendo assim existem detalhes inspirados no antigo esportivo, com elementos que ajudam na aerodinâmica e na experiência de pilotagem.

A proposta é para quem busca um carro de competição e track day com a melhor relação custo x beneficio associado à dinâmica de uma carroceria e chassi voltado inteiramente para esportividade.

O design permite painéis leves e resistente que irão contribuir no desempenho, ajudando a baixar o centro de gravidade e proporcionando ótima relação peso x potencia.

Seu capô dianteiro foi projetado para abertura para refrigeração de radiador e freios. Na parte traseira, as aberturas são divididas em peças que facilitam manutenção parcial ou total do powertrain, além de possuir uma grande área para saída de ar quente do cofre do motor.

Especificações técnicas

O Projeto Berlineta possui dimensões compactas para melhor aerodinâmica e dirigibilidade. Seu baixo peso aliado ao equilíbrio do chassi e posicionamento do motor faz do modelo um legitimo carro de competição. O design da sua carroceria e chassis possibilita a montagem de diversos tipos de motorização e câmbio.
Chassis: Tubular em Aço – Padrão para homologação.
Carroceria: Fibra de vidro / componentes em fibra de carbono
Motorização: Central-traseiro / Tração Traseira
Peso estimado: 850 Kg.

Produto e fabricação

Detalhamento e refinamento de design da carroceria e componentes, bem como cálculos estruturais do chassi e suspensão ficarão a cargo da MICLA do Brasil, Alemanha e Itália.

Escopo tem como princípio otimizar o processo fabril, assim o carro será fabricado e montado em empresas com know-how que já produzem outros tipos de carros de competições. Buscamos dessa forma viabilizar custos de produção para oferecer um produto competitivo para mercado interno e externo.

Próxima etapa é apresentar para possíveis interessados no Brasil e Europa para produção e comercialização do lote inicial em 2019.

Mais informações:
www.berlineta.com.br
e-mail: projeto@berlineta.com.br
Facebook: /projetoberlineta
Instagram: @projetoberlineta

Fonte: MICLA Engineering & Design

terça-feira, 31 de outubro de 2017

GTC Europe: Conheça os carros do futuro equipados com tecnologia NVIDIA



Além de importantes anúncios relacionados a Deep Learning e Inteligência artificial, a GPU Technology Conference é um verdadeiro colírio para os fãs de carros.

Saiba mais abaixo sobre cada um deles: 



O Roborace Robocar é um dos favoritos dos fãs. Com decoração personalizada da NVIDIA, o carro de corrida autônomo homenageia o cérebro NVIDIA DRIVE PX dentro dele. O carro de corrida apresenta quatro motores elétricos e 15 sensores, além de alcançar velocidades de até 300 kmh (186 mph). Atualmente, o Roborace tem dois protótipos sendo testados em pistas de corrida e exibições em eventos da Fórmula E.


Outro exemplo de parar o trânsito é o Mercedes-Benz Concept IAA. Conhecido como o "Transformador digital", esse veículo conceitual muda de forma com base na sua velocidade. Ao alterar as abas nos para-choques frontais e traseiros, além de ativar aros que alteram a concavidade, o IAA garante uma aerodinâmica perfeita. A tecnologia da NVIDIA viabiliza seu painel digital.


Mais “comuns” e voltados ao trânsito urbano, a NVIDIA equipa o Tesla Model X e um Audi A8L 3.0 Quattro. Assim como em todos os veículos da Tesla Motors, o Model X conta com a plataforma DRIVE PX para rodar a segunda geração do Autopilot 2.0 e 2.5.


Primeiro  carro de produção autônoma nível 3 do mundo, o 2018 Audi A8L é equipado com seis processadores NVIDIA para viabilizar o Traffic Jam Pilot, a instrumentação virtual da cabine de comando, o sistema de entretenimento informativo e os tablets no apoio de cabeça para os passageiros do banco de trás.


Além dos veículos tradicionais de passeio, a NVIDIA está envolvida também em diversas opções de veículos autônomos para o uso diário, incluindo coletivos. O ônibus elétrico e.GO Mover é viabilizado pelo sistema de direção autônoma ZF ProAI, que é baseado na plataforma DRIVE PX. Ele transporta até 15 pessoas e terá autonomia de nível 4 em 2021.


Nenhum evento automotivo da NVIDIA estaria completo sem o seu famoso carro de teste BB8. Vários desses carros estão dirigindo nas ruas da Califórnia, Nova Jersey e Alemanha como parte dos esforços de pesquisa da empresa. O BB8 ajuda a NVIDIA a testar e validar sua plataforma de direção autônoma completa que será oferecida posteriormente em outros veículos.

Para saber mais sobre como a NVIDIA trabalha na inovação de automóveis e estar atento a todas as novidades, siga a página NVIDIA Drive no Twitter: https://twitter.com/nvidiadrive.

Durante evento realizado em Munique, a NVIDIA apresentou diversos carros conduzidos por AI (Inteligência Artificial), incluindo um modelo avançado de corrida autônomo até ônibus não tripulados que oferecem uma visão de futuro da mobilidade.

Sobre a NVIDIA
A invenção da GPU pela  NVIDIA (NASDAQ: NVDA) em 1999 provocou o crescimento do mercado de jogos para PCs, redefiniu a computação gráfica moderna e revolucionou a computação paralela. Mais recentemente, a aprendizagem profunda via GPU abriu caminho para a IA moderna – a próxima era da computação – com a GPU atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que percebem e entendem o mundo. Mais informações emhttp://www.nvidia.com.br/page/home.html

Acesse também:
Site oficial da NVIDIA no Brasil: www.nvidia.com.br

Fonte: Imprensa NVIDIA